Aumente um ponto...

A ideia deste espaço é construir um texto coletivo, onde cada comentário vai sendo anexado por mim ao texto principal e ao final teremos uma história... O resultado certamente vai bem interessante. Não se preocupe com a coerência, deixe sua criatividade livre...

(Se você quer participar, é só postar um comentário com a continuação da história do ponto em que estiver... Clique em comentários e abrirá uma caixa onde você coloca seu texto, em seguida, eu a anexo no corpo do texto)

Ao final de cada mês, aqueles que contribuírem com a história participarão do sorteio de um livro infantil. Para tanto, não deixem de colocar seu e-mail no comentário...      
Ai vai o começo da história...

    No tempo em que chuva era água de bacia e rosas viviam de vento, havia uma minhoca chamada Neca. Neca era tão enrolada que não andava, rastejava. E de tanto enrolar um dia Neca deu-se um nó e dele não conseguiu se livrar. Neca era bem esperta, mas não sabia resolver o problema do nó. Mexia pra cá, mexia pra lá e o nó continuava lá. Ela se mexia tanto que parecia até dançar...
     Então, depois de muito tempo, cansada, Neca resolveu tirar uma soneca. Enquanto dormia seu corpo murchou e o nó se desfez. Quando Neca acordou, sua barriga roncava tanto, que ela saiu correndo em busca de comida e nem percebeu que já não estava mais enrolada. Com uma caneca de leite na mão se olhou no espelho e viu que seu corpo não estava mais enrolado, ela ficou tão feliz que começou a pular, dar cambalhotas, e, de repente estava toda enrolada de novo. Neca começou a chorar e saiu ratejando a procura de outro amiguinho que pudesse ajudá-la a entender porque toda vez que ela pula ela se enrola. E Neca num, desepero constante, não percebe que quando vira combalhotas seu corpo por ser tão comprido,começa a enrolar causando assim  muitos nós difícies de desatar...
     Neca fica desesperada procurando uma maneira de desatar os nós e resolver essa situação. Quando se acalma, aos poucos Neca vai percebendo o lado bom dos "nós". Percebe que desenrolar os nós é uma questão de continuar pulando, pois o movimento apesar de causar os nós, pode também desatá-los. Assim, é uma questão de continuar pulando e tentando; se mexendo e movimentando...os nós continuarão existindo, mas também poderão ser desatados. Eis uma possibilidade para Neca!

(O Adailton, a Mercedes, a Cidinha e a Damaris já colaboraram, quem se habilita a continuar???)

8 comentários:

  1. e dele não conseguia se livrar.
    Neca era bem experta mais não não sabia resolver o problema do nó, mexia pra cá, mexia pra lá e o nó continuava lá, ela se mexia parecia até dança.....

    adailton_bizarro@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Legal Adailton... O primeiro a contribuir com a história. Gostei da dança da minhoca e espero que outros continuem nosso texto. Espalha pra turma lá da faculdade e não se esqueça de seguir o blog por e-mail... Teremos sempre novidades e gostaria que você acompanhasse e pudesse contribuir! Beijos Cinthia.

    ResponderExcluir
  3. Então, depois de muito tempo, cansada, Neca resolveu tirar uma soneca. Enquanto dormia seu corpo murchou e o nó se desfez. Quando Neca acordou, sua barriga roncava tanto, que ela saiu correndo em busca de comida e nem percebeu que já não estava mais enrolada. Com uma caneca de leite na mão se olhou no espelho e viu que seu corpo não estava mais enrolado, ela ficou tão feliz que começou a pular, dar cambalhotas, e, de repente estava toda enrolada de novo. Neca começou a chorar e saiu ratejando a procura de outro amiguinho que possa ajudá-la a entender porque toda vez que ela pula ela se enrola.
    Mercedes Teixeira João.

    ResponderExcluir
  4. Querida Titia, adorei sua contribuição, como sempre, muito criativa! Vamos ver quem desenrola essa minhoca agora. Beijocas com amor...

    ResponderExcluir
  5. Maria Aparecida Teixeira27/11/2012 08:23

    e ai Neca num, desepero constante, não percebe que quando vira combalhotas seu corpo por ser tão comprido,começa a enrolar causando assim muitos nós difícies de desatar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Mamy's Cidinha... E a história vai se enrolando cada vez mais!

      Excluir
  6. Neca fica desesperada procurando uma maneira de desatar os nós e resolver essa situação.
    Quando se acalma, aos poucos Neca vai percebendo o lado bom dos "nós". Percebe que desenrolar os nós é uma questão de continuar pulando, pois o movimento apesar de causar os nós, pode também desatá-los.
    Assim, é uma questão de continuar pulando e tentando; se mexendo e movimentando...os nós continuarão existindo, mas também poderão ser desatados. Eis uma possibilidade para Neca!

    ResponderExcluir
  7. Oi Damaris... Adorei seu texto! Sempre em busca de possibilidades, encontrando o lado melhor das coisas. Obrigada mesmo, uma contribuição para a história e uma reflexão para todos! Beijos com carinho!

    ResponderExcluir

Faça parte desta história...